O Pequinês, assim nomeado por causa da capital chinesa Pequim, é considerada uma das raças mais antigas do mundo. Acredita-se que ela exista há mais de 2000 anos na China, lugar onde fez companhia à família imperial.

            De pequeno porte e pertencente ao grupo Toy, os cães adultos desta raça são bem balanceados, moderadamente compactos e costumam medir entre 15 a 23 cm de altura e pesar entre 3,2 a 6,4 kg. Graças ao seus pelos longos e retos, possuem uma aparência leonina, o que lhes dá um ar de nobreza realmente.

            Apesar do tamanho e da aparência fofa, o Pequinês é um cão muito corajoso e destemido. Confiante, vivaz e leal, está sempre pronto para proteger os seus donos. No entanto, pode ser também bastante teimoso e dar trabalho na sua educação, por isso é preciso ter paciência no momento de adestrá-lo.

            Os cuidados com a raça incluem: atividade física moderada todos os dias; alimentação balanceada; escovação semanal dos pelos; aparação regular da pelagem para se evitar pelos emaranhados; banhos dados uma ou duas vezes por mês; aparação das unhas a cada duas ou três semanas; e escovação dos dentes semanal. Deve-se atentar para os dias muito quentes, pois estes cães são bastante sensíveis ao calor.