O Maltês, raça pertencente ao grupo Toy, é uma das raças mais antigas do mundo - até mesmo Aristóteles citou o Maltês em um documento por volta de 370 a.C. É um pouco difícil traçar as suas origens, mas como o próprio nome da raça sugere, muitas teorias levam a crer que ela tenha surgido na Ilha de Malta, no Mar Mediterrâneo.

            De porte pequeno - os exemplares adultos desta raça não chegam a medir mais que 25 cm de altura e pesar mais do que 3 kg - o Maltês é o cão ideal para quem mora em apartamentos. E, sem dúvida alguma, a sua característica mais marcante é a sua pelagem branca, longa e sedosa que o cobre da cabeça aos pés.

            Além do seu tamanho gracioso, o Maltês é muito dócil, sociável, animado e apegado ao dono, ou seja, é o legítimo cão de companhia. Porém, às vezes é apegado até demais: caso fique muito tempo sozinho, ele sofrerá da conhecida ansiedade da separação. Fique atento! Este também é um cãozinho bastante inteligente, portanto o seu adestramento é facilitado.

            Os cuidados essenciais com a raça são o seguinte: alimentação balanceada, exercícios físicos diários, escovação frequente dos pelos e tosa para que se evite um grande emaranhado de nós.