O Cane Corso ou Mastim Italiano, este cão robusto, majestoso e ótimo guardião, descende do Canis pugnax, um cachorro molosso da época do Império Romano que era bastante utilizado em batalhas e também para a caça de animais grandes, como cervos, ursos e javalis. A raça quase foi extinta depois da industrialização e modernização dos sistemas de agricultura e pecuária, mas, por sorte, apreciadores conseguiram reverter essa situação.

            Os cães desta raça são de médio a grande porte e possuem uma estrutura corporal musculosa e resistente. Os indivíduos adultos podem chegar a medir até 70 cm de altura e a pesar 48 kg. A pelagem é curta e abundante e costuma vir nas cores preto, cinza, castanho, vermelho ou tigrado.

            Com DNA de um guerreiro do Império Romano, dá para imaginar que este cachorro não deve ser muito fácil de se lidar. Apesar de ser inteligente e considerado como de fácil adestramento, o Cane Corso não é indicado para principiantes, pois é necessário exercer grande autoridade e mostrar liderança ativa diante dele.

            Em geral, os indivíduos desta raça são bastante saudáveis e fortes, mas ainda assim podem desenvolver enfermidades genéticas. Essencialmente, precisam de muito espaço e de atividade física constante. Além disso, a alimentação balanceada é de praxe. Os pelos podem ser escovados ocasionalmente.