Também conhecido como salsicha ou salsichinha, o Dachshund tem um formato inconfundível. Com pernas curtas, corpo alongado e orelhas grandes em relação ao seu tamanho, essa raça de cachorro é muito corajosa e inteligente. Podem passar horas entretidos se começarem a farejar algo interessante, fazendo jus a sua origem.

A Raça Dachshund tem origem na Alemanha. Usado para a caça de pequenas presas (como texugos, coelhos e raposas), esse cão tem um faro apurado, é naturalmente ativo e adora estar com a sua família. 

Originalmente, eram reconhecidos dois tipos de cachorros dachshund: o salsicha de pelo liso e o de pelo longo. Em 1890, o pelo duro foi incluído como uma terceira variedade. O de pelo liso e curto é uma mistura das raças braque, pinscher e, provavelmente, basset hound francês. As demais variações têm grandes chances de terem sido criadas com a mistura entre dachshund e spaniel (pelo duro) e dachshund e terrier (pelo longo). A partir dos anos 1800, a raça passou a ser criada para companhia, quando ganhou o coração da realeza europeia, incluindo a corte da rainha Vitória. A partir daí, foi desenvolvida a versão miniatura da raça.

Dono de vários apelidos, o Dachshund é curioso e está sempre em busca de aventuras. Ele é independente, mas quer participar das atividades da família sempre que derem uma brecha. Ele se dá muito bem com crianças, mas é sempre melhor quando essa adaptação for feita desde filhote. Sempre indicamos que as brincadeiras contem com supervisão, se for o caso de haver a presença de uma criança que ele não conhece.

Temperamento do Dachshund

O dachshund é uma raça de cachorro que traz a própria história em sua personalidade. O passado de caçador é fortemente marcado no temperamento deles. Por isso, eles estão sempre farejando, adoram cavar e enterrar coisas. Também podem ser um pouco teimosos e insistirem em seus “instintos” para fazer as coisas à sua maneira (acreditem!). Isso faz com que o adestramento dos linguicinhas quando filhotes tenha melhores resultados do que se realizado quando adulto.

A personalidade do cão dachshund sofre influência das raças que deram origem às suas variações, os de pelo longo pode ser mais quieta e menos parecida com o terrier. Os de pelo curto são mais ativos. Os do tipo miniatura tendem a ser mais tímidos. Independentemente do tipo, dachshunds são animados, brincalhões e muito espertos e claro, são ótimas companhias.

Costumam latir muito?

Depende. Se ele ficar muito tempo sozinho, provavelmente sim. Mas se você educar o seu salsichinha a se comportar bem quando ficar sozinho, há grandes chances dessa experiência ser positiva.

Essa raça de cachorro tem muita energia?

Sim! Como já falamos anteriormente eles adoram uma aventura e o instinto forte de investigar tudo ao seu redor. 

Apesar do cão dachshund ser ativo, eles se adaptam à vida na cidade e em apartamentos, desde que gastem suas energias em passeios na coleira, corridas e diversão em jardins, parques ou até mesmo em pátios com espaço, o importante é gastar a energia.  

Então não o deixe muito quietinho, essa raça inteligente precisa se manter ocupada e em movimento.

Saúde do Dachshund

Os salsichinhas possuem facilidade para engordar e como seu corpo é alongado, a coluna fica sobrecarregada quando eles ficam acima do peso. Esse sobrepeso além de gerar problemas na coluna, pode causar complicações nas articulações, especialmente nos joelhos, já que as suas perninhas são curtas e isso favorece a luxação da patela. 

Nossa dica é: atenção à alimentação e sempre que possível faça ele se exercitar. Não esqueça de evitar que ele suba e desça escadas com frequência e andar em pisos muito escorregadios. Se você mora em um local com escada, um cachorro dessa raça não é a melhor opção.

Quais os cuidados que preciso ter?

O salsicha não demanda mais do que outra raça, apenas requer alguns cuidados específicos por suas características físicas.

Cuide para que ele não pule de lugares muito altos. Como as costas do dachshund são alongadas, ele pode se machucar facilmente pulando de um sofá ou da cama, por exemplo. 

Já sobre os cuidados de banho e escovação, o dachshund não requer uma frequência de banhos alta, a não ser que ele se suje em alguma ocasião. As três variedades de salsichinha precisam ser escovadas regularmente. A frequência varia conforme o comprimento do pelo - semanal para o duro e para o liso e 2 vezes por semana para o longo – e com escovas específicas para evitar nós. 

A parte do corpo mais importante dessa raça que vai exigir uma atenção maior são as orelhas. Como elas passam da altura das bochechas, essa região é propícia para desenvolver fungos e bactérias. Então é indicado checar as orelhas do seu dachshund e se possível, limpá-las semanalmente com algodão e solução própria de limpeza – não use hastes flexíveis, nem introduza nada no ouvido do cachorro. A melhor coisa é ir a uma consulta veterinária e pedir orientações que não vão prejudicar a saúde do seu cão. 

No inverno, o proteja do frio, pois essa raça tem sensibilidade às baixas temperaturas. Na hora do passeio coloque uma roupinha para mantê-lo aquecido e para dormir mantenha sua cama com alguma mantinha ou cobertor. 

Uma das dicas mais importantes é sempre ter um médico veterinário de confiança para cuidar da saúde do seu Dachshund sempre que preciso. Com ele, você saberá a quantidade ideal a oferecer de alimentação e outras dicas importantes.

Gostou? Se tiver um aumigo dessa raça que é puro charme, compartilhe com a gente nos comentários! Até a próxima.