Provavelmente você já ouviu falar de mulheres com sintomas de falsa gestação, mas você sabia que a pseudociese (nome dado à gravidez psicológica) também atinge cadelas? A alteração hormonal ocorre aproximadamente 2 meses após o cio e faz com que as fêmeas apresentem sinas de prenhez mesmo que não estejam gestando.

Quais são os sintomas da gravidez psicológica canina?

Entre os sintomas clínicos do quadro no mundo pet estão o aumento das glândulas mamárias, produção de leite, aumento no volume abdominal e falta de apetite. De acordo com a médica veterinária Graciela Giurni, o estágio da lactação — quando a fêmea começa a produzir leite — acarreta em problemas como inchaço, dores, inflamação e irritação na região das mamas, que costuma ficar bastante avermelhada. “A falta de filhotes e do esvaziamento de leite é o que ocasiona a infecção da glândula mamária, chamada de mastite, causando, também, o endurecimento do leite. Quando chega neste ponto deve-se iniciar o tratamento”, afirma.

Já em relação aos sintomas comportamentais, a veterinária Alessandra Teló Klaus completa que as reações variam de acordo com cada cadela, bem como a intensidade dos indícios. “Em alguns casos pode haver agressividade por parte da fêmea e, em outros, o contrário. Muitas vezes ela se mostra mais afetuosa, podendo ocorrer a organização de ninho com panos, roupas, toalhas e brinquedos”, esclarece.

Como tratar?

Frequentemente, os sinais da doença passam desapercebidos pelos tutores, sendo o diagnóstico feito, na maioria das vezes, em consultas de check-up — portanto a importância de informar-se com profissionais especializados. Alessandra ressalta que o tratamento para a pseudociese depende da gravidade de cada caso. “Além do uso de medicações como método, a castração também pode ser indicada como medida terapêutica e preventiva”, conta. Graciela complementa que quanto antes a castração, melhor. “O ideal é que seja feita antes do primeiro cio da fêmea, próximo aos 5 meses e meio de idade”, afirma.

Conforme as profissionais, a pseudociese costuma ser autolimitante, ou seja, para naturalmente após um determinado período. “Quando necessário e recomendado por veterinários, deve-se iniciar um tratamento medicamentoso para que o leite seque, encerrando, assim, este ciclo de hormônios”, finaliza Graciela. Com isso, evita-se qualquer outro tipo de complicação mamária causada pela pseudociese

A fim de evitar e tratar a gravidez psicológica em pets, tutores de fêmeas caninas devem estar atentos aos sinais médicos e comportamentais de seus bichinhos e, se preciso, procurar a ajuda de médicos veterinários.