O nono mês do ano já começou, e trouxe com ele o Setembro Amarelo. Mas você sabe qual é o tema dessa iniciativa e o que os pets têm a ver com isso?  

Setembro Amarelo é o nome da campanha dedicada à prevenção ao suicídio em nosso país. A campanha foi criada em 2015 e é uma iniciativa do Conselho Federal de Medicina, da Associação Brasileira de Psiquiatria e do Centro de Valorização da Vida. 

Nesse mês, damos atenção especial para o diálogo sobre a prevenção e o tratamento de transtornos mentais… e por falar em tratamento, a boa notícia é que nos últimos anos, ocorreram avanços gigantescos nesta área.

Hoje em dia, o tratamento dos transtornos pode consistir em uma associação de medicamentos, psicoterapia e, por vezes, terapia com pets.

O que são os animais de apoio emocional?

E é aí que os Animais de Assistência Emocional (ou ESAN) entram na história. Também chamados de animais de apoio emocional, esses cães e gatos ajudam no  controle das condições mentais de seus tutores.

A importância desses animais é tão grande que, apesar de não serem classificados como animais de serviço, os pets que desempenham esse papel podem acompanhar seus donos na cabine em voos de avião, viajar no transporte público e entrar em outros locais que são restritos para outros bichinhos.

Isso ocorre pois, assim que o  Animal de Assistência Emocional é inserido no cotidiano de uma pessoa, ele passa a desempenhar um papel essencial de conforto.

Esses pets são mais que cães e gatos: são super heróis do bem estar emocional! 

Para um pet ser aprovado como ESAN, seu dono  necessita de um comprovativo de um Médico Psiquiatra de que que sofre  de condições como depressão, ansiedade ou outros transtornos mentais. 

E agora você já sabe porque Setembro Amarelo e cães e gatos estão conectados. E que conexão importantíssima, não é mesmo? Portanto, fique atento aos sinais.

Quando buscar auxílio?

Busque auxílio caso você apresete:

- Perda de interesse por suas atividades habituais

- Sentimento de tristeza

- Ansiedade

- Solidão

 

E lembre-se: nunca é tarde para começar a cuidar da saúde emocional!