Saiba como fazer seu cachorro parar de brigar com outros cães

Quem não gosta dos cães? Os melhores amigos do ser humano não recebem este carinhoso apelido à toa. Verdadeiros companheiros, os parceiros caninos possuem infinita fonte de amor para dar aos seus donos. Porém, para aqueles que possuem mais de um cachorro, ou que costumam encontrar outros cães na rua, pode ser comum ver cachorro brigando e o lado mais selvagem destes animais afloram. O que você faria se visse seus cachorros brigando? 

Se você não sabe a resposta, conheça os melhores métodos para interromper cães brigando e o que não fazer durante uma briga, saiba como evitá-las e como proceder caso o seu cãozinho se envolva em uma briga. Afinal, isso é algo da natureza canina e pode acontecer com as espécies mais variadas, desde as de grande porte, quanto as de raças menores.

Na grande maioria dos casos, cachorros brigando são mais comuns nos primeiros momentos do encontro entre os bichinhos, e esse ataque de raiva repentina pode ser causado por estresse, por ciúmes, ou por outros variados motivos que podem causar incômodo aos cachorros envolvidos. Entenda os principais motivos para um cachorro brigando e saiba como agir em tal situação.

Por que cachorros podem estar brigando? 

Em sua maioria, aqueles cães que estão habituados com passeios diários e possuem um frequente contato com outros cachorros, são mais sociáveis e não devem ficar estressados e partir para cima de outro animal por nenhum motivo aparente. Mas se os cães estiverem dentro de casa, a situação pode mudar de figura.

Alguns fatores que podem deixar os cachorros bravos são situações como disputa por alimento, por brinquedos, por hierarquia ou simplesmente pela atenção de seus donos ou tutores pode ser a faísca necessária para que você veja cachorro brigando. Esse instinto faz parte da essência dos cães, portanto não significa que o cachorro é mau ou violento, é apenas uma questão natural da espécie.

Sinais que antecedem cachorro brigando 

Antes de saber como agir no caso de ver seu cachorro brigando, é muito importante saber como notar os sinais que eles dão quando estão irritados e incomodados, e prestes a iniciar um conflito com outro cachorro. De modo geral, os cães tendem a mudar seu comportamento natural se estão incomodados com a presença de outros animais.

Se isolar, rosnar ou latir para o outro cachorro, ficar com o pelo eriçado, passar a encarar fixamente o outro cão e reagir negativamente quando ele se aproxima são atitudes comuns de cachorros que estão prestes a iniciar um conflito. Então, antes de ver seu cachorro brigando e podendo se machucar, fique atento, tente acalmá-lo e separe-o o mais rápido possível de outros cães.

Como separar cães brigando? 

A cena de ver cachorro brigando pode ser assustadora e preocupante para qualquer um. Seja dentro de casa entre seus cães de estimação ou na rua com cachorros desconhecidos, a pessoa não pode jamais se intrometer fisicamente, pois ela mesma pode se ferir, e muito menos deixar de agir, pois ambos os cães envolvidos podem ter ferimentos e sequelas graves se a briga não for interrompida. Portanto, saiba o que fazer para cachorros pararem de brigar.

Uma primeira dica: faça barulhos altos, mas sem gritar, fazendo com que o barulho pareça vir do ambiente e não da pessoa. Pode bater palmas ou panelas, não importa como, mas essa atitude pode distrair os cães, fazendo com que eles esqueçam o desentendimento e passem a prestar atenção em você.

Outra sugestão muito válida é jogar água fria nos cachorros briguentos. Jatos de água fria ou em temperatura ambiente nos animais farão com que eles também se distraiam, ajudando com que os envolvidos esqueçam a raiva que estavam no momento do seu parceiro canino.

O que não fazer quando dois cães estiverem brigando? 

Saber o que não fazer ao ver cachorro brigando é tão, ou mais importante, do que saber como agir para separar uma briga. A primeira recomendação é nunca gritar e se desesperar, pois tal atitude fará com que os cães fiquem ainda mais agitados e raivosos. Não deixe que outros cães se aproximem, pois inevitavelmente eles irão entrar para a briga também, e isso tornará o seu trabalho ainda mais complicado e perigoso, pois tanto eles, como você, tem mais chances de acabar se ferindo.

Não deixe que parem de brigar sozinhos, pois isso não vai acontecer tão cedo e eles podem se ferir gravemente. Além disso, não entre no meio da briga para tentar separá-los fisicamente, pois não vai adiantar e eles não saberão diferenciar você do outro cachorro que estão atacando. Por último, jamais use violência, não chute e nem bata nos animais, pois eles estão fazendo aquilo por um instinto e característica natural das espécies caninas, e além de machucá-los, essa atitude vai tornar ambos os envolvidos ainda mais agressivos.

O que fazer depois de acalmar os cães

Cachorro brigando pode ser algo sério, e agora que você já viu como apartar um conflito da melhor maneira possível, é importante saber como agir na sequência da disputa. Em um primeiro momento, assim que os cães demonstrarem menos agressividade, se aproxime e separe-os por um período de tempo.

Após isso, o próximo passo para evitar cachorro brigando é buscar saber o que causou aquela briga entre os animaizinhos. Por exemplo, se o motivo foi a disputa por um brinquedo, procure adquirir mais de um; se o que levou a briga foi disputa por alimentos, procure afastar os potes de comida dos cães…

Lembre-se: quando a situação estiver controlada, é essencial levar os cães ao veterinário, pois eles podem estar machucados, até mesmo com algum ferimento interno causado pelo cachorro brigando.

E se os cães estiverem sempre brigando?

Os cães costumam ser animais sociáveis e que gostam da presença de outros cachorros. Se há cachorro brigando, é porque provavelmente não foram introduzidos um ao outro da maneira mais adequada. Se você vai receber um novo cachorro em casa e já possui o seu animal de estimação, primeiramente prepare a casa, tendo mais itens para agradar ambos, e se for o caso, coloque barreiras nos primeiros dias para evitar o contato, mas que permitam que um sinta a presença do outro, para já irem se acostumando e não ocorrer mais de ter cachorro brigando na sua casa. 

Não dê mais atenção ao novo membro da família em detrimento do carinho com o membro mais veterano. Por mais que o mais novo seja novidade, é fundamental dar o mesmo nível de atenção ao seu companheiro mais antigo. É importante introduzir o novo pet aos poucos, aproximando os dois bichinhos de maneira gradativa, sem pular etapas e criar possíveis desentendimentos.

Por último, faça com que se divirtam um na presença do outro. Promova atividades e brincadeiras que envolvam você e os dois cachorros, fazendo com que entendam que não estão naquele espaço para disputarem brinquedos ou atenção, mas sim a fazer companhia um ao outro e se divertirem juntos. Caso estas ações não resolvam os conflitos, procure um adestrador ou um profissional que entenda de comportamento canino para ajudá-los a se comportar melhor.

Enfim, se você possui cachorro brigando com frequência, um pet com ansiedade, muito incomodado e que  se torne agressivo na presença de outros cães, você pode receber uma ajuda ainda maior das dicas já passadas. Conheça a Nofaro e encontre os melhores serviços veterinários e planos de saúde para pets, lhe ajudando a cuidar ainda mais do seu melhor amigo peludo sem comprometer o seu orçamento.

Conhecer os planos de saúde da Nofaro