4 dicas essenciais para pais de gato de primeira viagem

No dia 17 de fevereiro, nós comemoramos o dia do gato!

Amorosos, divertidos e fofos. Como não se derreter com um ronrom? Quem tem um gatinho em casa, sabe o quanto é gostoso ter a companhia desses seres sensacionais. 

Eles são companhias quase que terapêuticas no nosso dia a dia! 

Se você é do time dos que amam gatos (assim como nós) e pretende adotar um gatinho, continue lendo esse post pois nós separamos dicas de grande utilidade para quem é pai ou mãe de gato de primeira viagem! 

  1. Reflita e planeje

O primeiro passo e o mais importante é o planejamento, inclusive o planejamento financeiro! Você deve analisar diversos fatores antes de se tornar um pai ou mãe de gato, especialmente se é a primeira vez que você adota um gatinho.

Vou conseguir me dedicar o suficiente ao novo pet? Vou conseguir me organizar financeiramente para dar o conforto essencial para o gatinho, especialmente caso ocorra alguma emergência? Estou preparado?

São perguntas que você deve fazer a si mesmo antes de adotar qualquer pet, pois isso vai exigir de você responsabilidade, comprometimento e muito afeto.

Se você já refletiu e se planejou, chegou a hora de dar o próximo passo! 

  1. Pesquise

Se você nunca teve um gatinho em casa, é essencial que você pesquise antes sobre como é a rotina e as particularidades desses bichinhos e assim, garanta todos os cuidados necessários que ele possa necessitar durante toda a vida. 

Conversar com outros donos de gatos, conversar com veterinários, assistir vídeos e ler sobre o assunto são atividades essenciais para que você esteja preparado para quando seu novo amigo chegar! 

  1. Chegou a hora de montar o enxoval!

A boa notícia é que você não vai precisar gastar rios de dinheiro para montar o enxoval do seu gatinho! Gatos são animais bem versáteis no quesito brincadeira, por exemplo: se você tiver uma caixa de papelão em casa, ele fará a festa! 

Nesse caso, são coisas essenciais que você deve ter na sua casa desde o primeiro dia:

  • Comedouro e bebedouro;

  • Local onde ele irá dormir;

  • Caixa de areia, para o xixi e cocô; 

  • Arranhador para gatos;

  • Brinquedos;

  • Caixa de transporte para gatos.

E claro, sem esquecer da ração mais adequada para o porte e idade do seu peludo. 

  1. Primeiros cuidados após adoção

Finalmente chegou o tão esperado momento! O seu gatinho já está com você e agora, chegou a hora de dar atenção à saúde do seu novo pet. 

É essencial que nesse primeiro momento, você o leve no veterinário para entender como anda a saúde do seu bichano, que você realize os exames gerais, dê o vermífugo, anti pulgas e realize a castração, caso ele ou ela ainda não seja castrado(a). 

É importante não deixar nenhuma dessas etapas de lado, pois é o que irá garantir a qualidade de vida do seu peludinho e evitará problemas futuros. 

A decisão de adotar um novo pet exige muita responsabilidade e não deve ser tomada no impulso. Você deve estar preparado, inclusive, para emergências! E quando falamos de preparo, falamos de ter para onde correr quando algo acontecer. 

E ao contrário do que muitos pensam, você não precisa desembolsar muito dinheiro para fornecer todos os cuidados necessários que o seu melhor amigo precisa, na hora em que ele precisar. 

Um plano de saúde pet pode ser o seu maior aliado nesse momento de novidades e descobertas com o novo pet! Dessa forma, você garante a saúde do seu bichano ao mesmo tempo em que garante segurança e economia para você.

Clique aqui para maiores informações sobre o plano de saúde pet. 

Consultas, castração, exames, cirurgias, atendimento 24 e muito mais! Tudo, por um valor muito menor do que no particular. 

Afinal: quem ama, cuida! 

Quero conhecer os planos da Nofaro!