Se você tem alguma dúvida sobre problemas de saúde com seus pets, a única resposta é: pare de tentar adivinhar os sintomas e as prevenções pela internet! Claro que podemos e devemos nos informar, porém, há situações onde isso se torna relevante apenas depois da consulta veterinária, se você sentir que está com dúvidas ou quer mais informações posteriormente.

Afinal, será que alguém que pensa ter uma doença grave não procura um médico? Pois bem, com os nossos pets não deveria ser diferente.

 

  

Devemos observar sempre o comportamento de nossos amiguinhos. Por isso, fique atento!

  1. Apresentar secreções nos olhos;
  2. Quando estiver mancando ou com rigidez em parte do corpo;
  3. Quando tiver coceiras excessivas;
  4. Se houver dificuldade para pular e/ou subir onde antes subia naturalmente;
  5. Se balançar muito a cabeça e coçar os ouvidos (principalmente se “chorar” fazendo isso);
  6. Estiver com sangue nas fezes;
  7. Apresentar caroços pelo corpo;
  8. Caso ele perca peso sem estar de dieta, ou ganhe peso sem motivos precedentes;
  9. Se parecer desorientado, quieto demais ou se arrastando;
  10. Beber mais água que o normal;
  11. Se ele estiver com mau-hálito (complicações periodontais podem ser graves e até matar, ou seja, não é só pelo odor do hálito);
  12. Caso apresente secreção nasal;
  13. Se tossir com seguida frequência (pode ser até um problema no coração);
  14. Apresentar problemas ao urinar/defecar ou se ele estiver com incontinência urinária;
  15. Vomitar ou ter diarreias constantes;
  16. Comer menos que o normal;
  17. Apresentar feridas, machucados, bicheiras ou bernes;

 Afinal, o que nos move a cuidar deles como membros da família? Será o carinho que recebemos na euforia ao chegar em casa? Ou o próprio amor, o qual dedicamos? São simples gestos que fazem um bem enorme para o coração, é simples.

Mas como não vivemos só de altos, precisamos estar preparados para os baixos nessa relação de afeto com nossos amiguinhos. Afinal, assim como a gente, os pets sofrem com algumas doenças que até nos são familiares, no entanto, não deve-se supor cuidados devidos para não correr riscos de prejudicar nossos pets por inconsequência. Se algumas dessas características se aplica com seu gato ou cachorro, não espere e encontre um profissional credenciado pela Nofaro. Acesse: https://nofaro.com/redecredenciada

 Faça uma simulação e encontre o melhor plano para seu pet!